Como promover sua marca em redes sociais

Como promover sua marca em redes sociais 2

Redes sociais são essenciais nas estratégias de comunicação

O Brasil é o país que mais usa as redes sociais em toda a América Latina. Cerca de 88% da população brasileira acessa diariamente o YouTube, Facebook, Twitter e o Instagram, além de outros canais populares da internet.

Um estudo apresentado no portal TechMundo mostrou que o número de usuários de redes sociais no Brasil deve crescer 20% até o final de 2023, com mais de 114,5 milhões de pessoas. 

Com isso, ocuparemos o quarto lugar no ranking entre os países com mais acesso, atrás da China (799,6 milhões), Índia (447,9 milhões) e Estados Unidos (257,4 milhões).

Atualmente, a faixa etária de brasileiros mais conectada é formada por adultos com mais de 45 anos (27%), seguido de usuários entre 25 a 34 anos (25%). 

Grande parte do acesso é feito por dispositivos móveis, sendo que 68 milhões de brasileiros usam exclusivamente seus celulares.

Por meio desses números, já é possível ter uma ideia do quão importante as redes sociais se tornaram nos dias de hoje, principalmente para estratégias de divulgação e marketing digital. 

Daí o porquê muitas empresas, desde uma construtora de casas até outros tipos de negócios veem uma boa oportunidade de promoção nesses canais.

Ou seja, saber como usar as redes sociais é a chave para obter bons resultados com o marketing digital, abrindo margens para o aumento de vendas, maior captação de leads (potenciais clientes) e construção de autoridade no mercado.

Contudo, por se tratar de um canal especializado e personalizado, algumas estratégias específicas devem ser adotadas para melhorar o desempenho das empresas nas redes sociais e, desse modo, conquistar os objetivos propostos com a divulgação.

O artigo de hoje vai mostrar como promover sua marca em redes sociais e dar dicas para trabalhar as melhores estratégias de marketing digital nesses canais. Acompanhe a leitura!

4 dicas de marketing digital nas redes sociais

As dicas a seguir podem ser aplicadas em qualquer tipo de negócio, incluindo empresas de consultoria ambiental, lojas de roupas, escritórios, comércios, entre outros. Ademais, elas devem ser encaradas como medidas gerais, ou seja, aplicáveis em todas as redes.

No entanto, é importante destacar que cada plataforma possui a sua especificidade. Sendo assim, vale a pena fazer um planejamento para redes, mas focar nas características principais dos canais escolhidos para promoção da marca.

Leia, a seguir, as principais recomendações para marketing digital nas redes sociais.

1 – Conheça a sua persona

A persona nada mais é que uma representação semi-fictícia do seu cliente ideal, com base nas características do público-alvo. Dessa maneira, é possível elaborar campanhas nas redes sociais de maneira muito mais direcionada e objetiva.

Afinal de contas, uma pessoa interessada em uma montadora de stands possui um perfil específico e necessidades únicas. Sendo assim, é muito melhor desenvolver uma campanha para esse cliente, o que aumenta as chances de conversão.

Para construir a sua persona, é preciso levantar os principais dados do seu público-alvo, incluindo os seguintes aspectos:

  • Faixa etária;
  • Nível de escolaridade;
  • Nível socioeconômico;
  • Preferências e hobbies;
  • Gênero;
  • Status civil.

Quanto mais informações forem colhidas, melhor será a identificação da persona e, consequentemente, mais direcionada é a campanha.

2 – Crie conteúdo relevante

Os usuários das redes sociais usam essas plataformas para encontrar conteúdo relevante, isto é, materiais que tragam informações valiosas de acordo com seus interesses.

Isso quer dizer que uma loja de piso laminado, por exemplo, não deve produzir somente propagandas invasivas, como anúncios, destacando o preço e o produto à venda. 

Ao contrário, ela também deve desenvolver conteúdos informativos, como dicas de conservação do revestimento, sugestões de decoração, etc.

Hoje em dia, o marketing de conteúdo é o principal aliado da internet e das redes sociais, já que o próprio perfil do usuário busca por materiais de qualidade, não somente as propagandas tradicionais da televisão, rádio e jornais.

É importante ressaltar que a produção de conteúdo deve envolver a pesquisa em fontes de confiança, para não compartilhar informações errôneas ou falsas, bem como a diversificação de formatos, para que os usuários possam ter mais de um material disponível para consumo.

Além disso, vale verificar qual conteúdo é mais apropriado, de acordo com o tema e a persona. 

Por exemplo, as empresas de engenharia elétrica podem investir na produção de tutoriais em vídeo, ao invés de artigos, principalmente quando o assunto é difícil e com muitos termos técnicos.

3 – Mantenha as redes sociais atualizadas

Não adianta nada criar um perfil nas principais redes sociais e postar somente uma vez. É preciso ter uma constância de publicação, ainda mais diante da efemeridade das plataformas online.

Por conta disso, é importante que uma página no Facebook de uma empresa de limpeza terceirizada, por exemplo, produza conteúdo relevante constantemente, para publicar com frequência na sua fanpage.

Recomenda-se elaborar um cronograma de postagens, verificando em quais dias e horários o público interage mais com seus canais. As próprias redes contam com relatórios para coleta dessas informações.

Também é importante verificar datas comemorativas, como dia dos namorados, dia das mães, natal e ano novo, para atualização com conteúdo personalizado.

4 – Interaja com seus seguidores

Uma das coisas que mais ajuda na promoção das marcas em redes sociais é o engajamento. 

Afinal de contas, estamos lidando com canais em que é possível comentar, compartilhar, curtir e, ainda, enviar mensagens diretamente para as empresas.

Inclusive, muitos usuários abandonaram o contato por meio telefônico e preferem uma conversa diretamente pelas redes sociais.

Portanto, é fundamental manter uma interação com os seguidores, sejam eles parceiros, clientes ou visitantes do seu perfil. Isso aproxima a empresa do público, criando um relacionamento muito mais saudável, principalmente quando o internauta é bem atendido.

Sendo assim, uma empresa de segurança eletrônica, por exemplo, pode até mesmo investir nos chatbots (disponíveis nas principais redes sociais, como o Facebook e Instagram) para responder os clientes instantaneamente, mesmo fora do horário comercial.

Marketing para Facebook: como colocar em prática

O Facebook é a maior rede social do mundo. Não é à toa que a maioria das empresas já possui uma página na plataforma, além de ser o canal preferido das estratégias de marketing digital.

Contudo, é preciso ter atenção em alguns detalhes, para que sua marca possa obter sucesso com as campanhas no Facebook. Nesse sentido, recomenda-se:

  1. Use o logo da sua empresa como foto de perfil;
  2. Tenha uma URL da página amigável;
  3. Invista na produção de conteúdo em vídeo;
  4. Use os recursos do Facebook (enquetes, Ads, gifs, emojis).

Visto que o Facebook também é dono de outras redes sociais, como o Instagram, é importante investir no compartilhamento de conteúdos semelhantes com os dois canais, para que o público crie uma identificação com a sua página.

Marketing para Instagram: atenção para a sua imagem

O Instagram é uma das redes sociais que mais cresce no mundo. Uma das principais características da plataforma é o seu forte apelo visual, por conta disso, o perfil comercial de uma loja de móveis planejados precisa investir em boas fotos e imagens.

Para promover a sua marca no Instagram, também vale:

  1. Postar conteúdo no stories, principalmente da rotina da empresa;
  2. Usar o recurso Instagram Shopping, para acelerar as vendas;
  3. Publique conteúdo no IGTV;
  4. Tenha boas práticas de hashtags e cuidado com o shadowban.

O último tópico é extremamente importante, pois o Instagram “baniu” algumas hashtags e considera o uso exacerbado delas como uma prática de spam. Por isso, tenha cuidado em como você irá aplicar essas palavras-chave.

Marketing para Twitter: promova a marca em 140 caracteres

O Twitter funciona como uma plataforma de mensagens instantâneas, mas também como um microblog, para que você possa publicar conteúdos em 140 caracteres. Por isso, a principal característica da rede social é a objetividade.

No Twitter, não há espaço para enrolações. Sendo assim, a sua empresa deve se concentrar em informações rápidas, curtas e precisas.

Algumas dicas para publicar no Twitter são:

  1. Mantenha um diálogo direto com seus seguidores;
  2. Use poucas hashtags, com foco nos “Trend Topics”;
  3. Faça a conversão dos tweets para o Facebook;
  4. Poste sobre novidades e promoções da empresa.

Ao contrário do que muitas pessoas pensam, o Twitter é um ótimo canal para empresas. Cerca de 70% dos usuários da rede social afirmam seguir o perfil de algum negócio, para obter informações rápidas sobre produtos e serviços.

Conclusão

Ter um perfil nas redes sociais deixou de ser um diferencial para as empresas, aparecendo como uma obrigação para quem deseja promover a marca com marketing digital. 

Entretanto, mais do que criar um perfil nos principais canais, é preciso ter atenção ao conteúdo, atualização e singularidades de cada plataforma.

Por causa disso, recomenda-se elaborar um planejamento voltado para os canais, de acordo com o perfil do seu público-alvo e os objetivos da empresa. Dessa forma, é possível gerenciar campanhas muito mais assertivas e ter resultados positivos.

Esse texto foi originalmente desenvolvido pela equipe do blog Guia de Investimento, onde você pode encontrar centenas de conteúdos informativos sobre diversos segmentos.